Topo da página da Seicho No Ie com logotipo


Presidente Doutrinário da
Seicho-No-Ie para a América Latina


Preletor Fumio Nishiyama





As crianças que criamos para o mundo



Estimado(a) internauta, seja bem-vindo ao site da Seicho-No-Ie do Brasil!

 

Estamos no mês de outubro, em que comemoramos o Dia das Crianças. Neste dia, costumamos nos reunir com a família e presentear as crianças, que ficam muito felizes em ganhar brinquedos e se divertir com seus pais.
Isso é muito bom. As crianças que possuem uma família feliz, que são bem cuidadas e que comemoram o seu dia podem ser consideradas crianças de sorte.

 

No entanto, precisamos expandir nossos olhos além dos limites de nossa casa e perceber que hoje a infância está desassistida em vários aspectos. Uma criança é um ser humano em formação, dotado de extrema sensibilidade e que precisa de muito amor, atenção, palavras afetuosas e ambientes saudáveis para construir positivamente sua personalidade. Assim, quando estiver na fase adulta, será feliz e cuidará bem de si mesma, dos outros, do país e do meio ambiente.

 

Infelizmente, não é somente crianças felizes e bem tratadas que encontramos no mundo. Temos crianças que vivem em ambientes insalubres, ou que sofrem violência no lar e na escola. Temos crianças que passam fome, justamente nesta fase em que a alimentação adequada é tão importante. Temos crianças que trabalham como se fossem adultos, e não têm a grata oportunidade de estudar. Há crianças vivendo em locais de guerra, atingidas por bombas, que aprendem desde cedo o quanto é difícil viver num ambiente destituído de paz. E, pior ainda, temos a ameaça á vida das crianças que ainda nem nasceram; a triste prática do aborto que ceifa a vida de milhares de crianças no mundo inteiro, antes mesmo que elas possam ver a luz do sol.

 

A doutrina da Seicho-No-Ie tem especial carinho para com as crianças, e uma das principais vertentes do ensinamento é a Pedagogia da Educação da Vida, que visa a exteriorizar todas as capacidades latentes na criança, considerando-a como uma filha de Deus. Você pode saber mais sobre esta pedagogia aqui mesmo em nosso site (inserir link da página da Superintendência dos Educadores). Temos ainda outras ações de amor para com as crianças, como a Fundação Grande Harmonia, composta por duas creches e uma escola, onde as crianças recebem a educação formal e são tratadas com base na Educação da Vida.

 

Vamos comemorar o Dia das Crianças dando, além de presentes, muito amor aos nossos queridos meninos e meninas de nossa família; mas vamos também pensar que, na verdade, nossas amadas crianças – as crianças do mundo inteiro – deveriam ser felizes todos os dias. Vamos estender a mão com especial atenção para aquelas que mais necessitam de nossa ajuda. Afinal, todos já fomos criança um dia e sabemos o quanto é importante ter uma infância feliz para ser um adulto feliz.

 

Muito Obrigado!