Topo da página da Seicho No Ie com logotipo


Diretor-Presidente da
Seicho-No-Ie do Brasil


Preletor Yoshio Mukai





Demonstre sua gratidão aos antepassados na Festividade do Santuário Hōzō



Reverências, muito obrigado.

 

Olá, estimado internauta.


Se deseja viver um momento único ligado à gratidão aos antepassados, abril é sua chance de viver um só dia que contará por toda a eternidade.

 


No dia 14, das 8h às 14h30, na cidade de Ibiúna/SP, a 63ª Festividade do Santuário Hōzō do Brasil vai celebrar a Imortalidade da Vida (CLIQUE AQUI para saber como reverenciar sua querida fonte da vida).

 


É quando milhares de pessoas inscrevem o nome de seus entes falecidos e famílias, eles são evocados e recebem orações. Isso ilumina as almas que, em retribuição, oferecem cada vez mais proteção aos familiares que demonstram seu apreço e reverência eternos.

 


O que as pessoas encontram na Festividade – Depois que o evento passou a ser transmitido via Internet para sedes da Seicho-No-Ie espalhadas pelo Brasil, o público que era de até mais de 16 mil pessoas, chega hoje a 12 mil. É mais conforto, mas não menos emoção.

 


Muitos milhares assistem em todo o mundo, mas os presentes, que chegam a viajar mais de 50 horas, encontram uma alegria única. O corpo não reclama da viagem.

 


Inclusive, são incontáveis os relatos de quem chega com a coluna em “S”, arrastando os pés e gemendo de dor, e saem curados. Houve até quem esquecesse as muletas no banheiro e foi embora caminhando normalmente.

 


Não se busca milagres, mas por que eles acontecem? – Ao chegarem, todos compreendem de onde vem aquela alegria de ver a luz desfazer a escuridão. Não se sentem mais num endereço físico. Eles chegam e, depois de tanto chão, sentem que ali é o Céu.

 


Trazem ou preenchem os registros espirituais que são lidos por mais de 400 preletores que consagram os nomes dos seus queridos eternos. Mesmo em meio à multidão, ouve-se espécie de silêncio grave dos templos antigos

 


Ao fazerem a leitura da Sutra Sagrada Chuva de Néctar da Verdade, sentem que a voz emerge de um lugar bem mais fundo do que a garganta. Toda essa gratidão irrestrita e pura proporciona luz aos espíritos. Estes, retribuem naturalmente, o que proporciona graças a quem presta a suprema homenagem.

 


Um dia que vale por um ano – Os inscritos recebem orações 5 vezes ao dia durante um ano. Lá, são protegidos por divindades, sendo a principal protetora Okuni-nushi-no-mikoto, governante do mundo invisível dos espíritos e responsável pela construção da nação, da agricultura, dos negócios e da medicina.

 


Um dia que vive pela eternidade – Desde que o a vontade divina ganhou a forma desse santuário no ano de 1957, milhões de antepassados são salvos, derramando sobre a terra e seus familiares as bênçãos de sua iluminação.

 


Venha demonstrar a sua gratidão nesse momento único que é a Festividade e participe também da 35ª Cerimônia no Monumento aos Anjinhos Anônimos dos países Ibero-Americanos (Presencial e Virtual), um só dia que contará por toda a eternidade.

 


Muito obrigado!