Topo da página da Seicho No Ie com logotipo


Diretor-Presidente da
SEICHO-NO-IE DO BRASIL


Preletor José Adalton de Oliveira





Sabedoria e Amor são como duas “rodas da vida”.



Estimado(a) internauta, minhas Reverências!

 

Esta é a primeira vez que escrevo neste espaço e inicialmente agradeço profundamente pelo fato de você estar dedicando alguns minutos da sua preciosa vida para ler esta mensagem.

 

Quando nos conscientizamos de que o ser humano não é matéria, não é corpo carnal, e sim filho de Deus, dotado de infinitas possibilidades, a nossa vida muda completamente. Esta visão de vida nos permite avançar sempre rumo aos nossos ideais.

 

Entretanto, para chegarmos a esta compreensão profunda da verdade, na qual deixamos de nos ver como simples matéria e passamos a nos enxergar como seres espirituais possuidor de tudo desde o princípio, é necessário buscarmos o conhecimento.

 

No mundo moderno em que vivemos através das conexões virtuais, as informações estão disponíveis nos mais variados meios, mas isso não significa conhecimento. Conhecimento é aquilo que aprendemos e que passa a fazer parte das nossas vidas, de uma forma ou de outra.

 

Na Bíblia consta que Jesus Cristo enfatizou: “Buscai em primeiro lugar o Reino de Deus e a sua Justiça e todas as demais coisas vos serão acrescentadas”. Este ensinamento se aplica em muitos aspectos das nossas vidas e não apenas no sentido religioso.

 

Qualquer pessoa que nasce na face da Terra traz consigo uma missão de atender alguma necessidade da humanidade, mas junto com ela, vem também a capacidade necessária para cumprir este objetivo. As leis que regem o nosso destino, ou as leis que regem o Universo, já preparam todo o ambiente necessário para o nosso crescimento e desenvolvimento da nossa missão.

 

Descobrir que somos dotados de infinitas possibilidades e ao mesmo tempo estudar as leis que regem o Universo, é um ato de “buscar conhecimento”, podendo ainda ser considerado um ato de despertar a sabedoria interior. Isso é possível através da leitura de livros sagrados, onde muitos foram escritos sob inspiração divina. Por exemplo, para os cristãos, a Bíblia Sagrada é um manancial de conhecimento e sabedoria. Para os adeptos da Seicho-No-Ie, a coleção A Verdade da Vida, as Sutras Sagradas e os Cantos em Louvor têm um papel similar ao da Bíblia para os cristãos.

 

Contudo, na medida em que buscamos o conhecimento de forma contínua e diária, ele se transforma em convicção. A convicção é um estágio que demonstra que o indivíduo acredita naquele conhecimento. Na nossa mente significa que passou do nível consciente para o subconsciente. A leitura contínua das palavras da verdade conduz o indivíduo a ter convicção. Assim consta no ditado popular: “água mole pedra dura tanto bate, até que fura”.

 

Todavia, devemos avançar e passar para a prática do conhecimento em que estamos convictos. A prática (colocar em ação) é a parte mais complexa, pois requer disciplina, esforço, dedicação, determinação, etc.

 

Para aqueles que querem aprofundar no conhecimento dos ensinamentos da Seicho-No-Ie, recomendamos que participem das nossas reuniões nas associações locais espalhadas por todo o território brasileiro. Temos eventos especiais como o Seminário da Luz, Conferência da Luz e outros eventos organizados por nossas sedes regionais (saiba onde há uma sede mais próxima de você em: www.sni.org.br/ondeencontrar)

 

Mas se você deseja mergulhar mais fundo, participe de um Seminário de Treinamento Espiritual da Seicho-No-Ie em uma das nossas Academias (saiba mais em www.sni.org.br/academias). Ali, você receberá conhecimento e, juntamente com outros participantes, observará o impacto na sua convicção e treinará ‘o modo de viver’.

 

Aos ambientes da Seicho-No-Ie destinados para a transmissão presencial dos ensinamentos denominamos, carinhosamente, de “academias do amor”. Neles, vive-se o amor. Sabedoria e Amor são como duas “rodas da vida”: elas devem caminhar juntas.

 

Cristo nos ensinou também: “Sede prudentes como as serpentes e simples como as pombas”. O equilíbrio entre a prudência (sabedoria) e a simplicidade (amor), é o caminho que nos conduzirá para uma vida plena de harmonia verdadeira. Não basta sermos bons com os outros e prejudicarmos a nós mesmos.

 

A dedicação de amor ao próximo, no sentido de propagar as palavras de Sabedoria e Amor, constitui um ato sublime. Certamente o destino desta pessoa e de seus familiares será abençoado pelas boas virtudes acumuladas. Muitos vivem uma vida plena de alegria e de sucesso, e talvez boa parte disso deve-se à virtude dos seus antepassados.

 

Aprendemos, através dos ensinamentos da Seicho-No-Ie, que simbolicamente os nossos antepassados representam “as raízes da nossa vida”. Ou seja, eles são “a parte invisível”, tal qual os alicerces de uma grande construção. Por isso, devemos manifestar, diariamente, o nosso profundo sentimento de reverência e gratidão a todos eles.

 

A Gratidão por parte dos descendentes é o melhor nutriente para eles, onde quer que estejam. Por isso, convido a todos a participarem da 64ª Festividade do Santuário Hōzō do Brasil, que acontecerá no dia 19 de abril de 2020. Aproveitem esta oportunidade para manifestar gratidão aos seus antepassados. Mais informações, acesse www.sni.org.br/hozo.

 

Desejo a você um excelente dia, repleto de muitas alegrias e realizações. Sucesso sempre!