Para relacionar-se bem com todos

O essencial, acima de tudo, é saber que este mundo foi criado por Deus e que Ele é o Pai de todas as criaturas; que todas as criaturas são irmãs entre si; que desde o princípio todos querem bem uns aos outros, sem discórdias nem sentimentos negativos tais como ódio, rancor etc. e que, portanto, não há o que “perdoar ou não perdoar”.
Se no aspecto fenomênico há “pessoas a quem devemos perdoar”, isso significa que mentalmente estamos admitindo a existência do mal e negando que todas as criaturas de Deus são “personificação do Bem, do Belo e da Verdade”, e tal atitude mental impedirá que a nossa vida se torne radiosa e feliz. Portanto, se nas profundezas da mente existir, por pouco que seja, o reconhecimento da existência do mal e a negação da excelência da criação de Deus, é preciso purificar a mente o quanto antes possível, eliminando tais pensamentos negativos. Para isso, devemos mentalizar:


Relaciono-me harmoniosamente com
todas as pessoas,
todos os seres viventes e todas as coisas.
Já não tenho mais necessidade de perdoar,
pois compreendi que desde o princípio
estou em paz e harmonia com tudo e com todos,
e que sou um com todas as criaturas.
O Amor de Deus preenche o Universo,
está presente em toda parte,
envolve-me, impulsiona-me e flui dentro de mim,
sendo impossível afastar-me desse Amor.
Obrigado, Deus! Obrigado!


Do livro: Minhas Orações - Masaharu Taniguchi


Link para essa oração:

http://www.sni.org.br/oracao_teste/oracoes-da-seicho-no-ie.asp?codora=80