Página Principal
Academias
Sobre a Seicho-No-Ie
Forma Humana
Práticas e Cerimônias
Presidentes
Meio Ambiente
Museu Histórico
Organizações
Artigos
Relatos
Notícias
Mensagem do Dia
Lista de Orações
Sede Central
Domingo da SNI
Semana da Paz
Seminário da Luz
Programação 2013-2014
Seicho-No-Ie no Ar
Revistas da SNI
Círculo de Harmonia
Enkan
Brasil Português
Brasil Japonês
América Latina
Outros países
Fale Conosco
Webmaster
Regras de Internet
Direitos Autorais
 

Nota de retorno ao mundo espiritual


É com imenso pesar que a Diretoria e o Conselho Doutrinário Organizacional Central da SEICHO-NO-IE DO BRASIL anuncia o passamento do Professor Haruo Shibuya, Ex-Presidente Doutrinário da SEICHO-NO-IE para a América Latina, para o mundo espiritual, no dia 19 de junho de 2012.

No dia 27 de junho de 2012, foi realizada a Cerimônia em Memória do Professor Haruo Shibuya, na Sede Central da SEICHO-NO-IE DO BRASIL. Adeptos da Seicho-No-Ie e funcionários da Sede Central compareceram para prestar suas últimas homenagens.

Conheça um pouco da história da vida do Professor Haruo Shibuya

O Professor Haruo Shibuya serviu, por 10 anos, como Presidente Doutrinário da Seicho-No-Ie para a América Latina, entre 1º de janeiro de 1991 até final de janeiro de 2001.

Nasceu em 1924, na cidade de Sendai, província de Miyagui – Japão.

Conheceu a Seicho-No-Ie quando cursava o primeiro ano colegial (atualmente 9º ano do Ensino Fundamental II) e padecia de tuberculose, doença considerada fatal na época. Internado no hospital, leu pela primeira vez o livro "A Verdade da Vida", oferecido por um colega, e milagrosamente foi curado da doença em um mês.

O Professor Shibuya graduou-se pela Universidade do Nordeste do Japão e foi membro da Sociedade de Poetas Modernos do Japão. Em 1962, decidiu trabalhar na Sede Internacional da Seicho-No-Ie, em Tóquio. Em 1965, foi nomeado Preletor da Sede Internacional e iniciou seu trabalho doutrinário no Havaí, EUA. Posteriormente, em 1972, foi nomeado Supervisor Doutrinário da Província de Okinawa, Japão. Em 1978, foi nomeado Diretor da Sede Internacional, onde exerceu, sucessivamente, cargos de destaque. Em 1999, recebeu do professor Seicho Taniguchi o título de "Decano da Seicho-No-Ie", honraria concedida a algumas poucas pessoas, como o Professor Katsumi Tokuhisa e o Professor Kamino Kusumoto.

Em 5 de agosto de 1997, foi agraciado com o título de "Cidadão Paulistano" pela Câmara Municipal de São Paulo.

O Professor Shibuya, inúmeras vezes, com uma postura humilde, disse que veio ao Brasil com o intuito de servir e ser útil ao povo brasileiro, mas chegando aqui, começou a acontecer o contrário de sua expectativa. O povo brasileiro o recebeu muito bem, sempre o cercando de atenções e fazendo tudo por ele, por isso, achava que em vez de ser útil ao povo brasileiro, os brasileiros é que o ajudaram: "Dos depósitos que havia feito no Céu agora estou só retirando. Meus créditos estão diminuindo, pois estou só retirando", dizia. Mas o fato é que durante a gestão do Professor Haruo Shibuya, iniciada em 1º de janeiro de 1991, a Seicho-No-Ie no Brasil e na América Latina tiveram avanços significativos em todas as suas frentes de atuação.

Chegando ao Brasil, o Professor Haruo Shibuya impôs a si um desafio: aprender a língua portuguesa, tida por muitos como o idioma mais difícil do mundo, e ser capaz de fazer palestras em português. Ele sempre repetia no início de suas palestras: "Meu nome é Haruo Shibuya, eu sou do Japão. Estou aprendendo a falar português e quando está muito difícil e tenho vontade de desistir, digo para mim mesmo – sou filho de Deus! Tenho capacidade infinita!". Estas palavras passaram a ser sua marca registrada, como símbolo de sua determinação e esforço. O Professor Shibuya tornou-se não só capaz de proferir palestras em português, como também, sem perder a sobriedade, acabou assimilando o senso de humor maroto do brasileiro.

Outra característica do Professor Shibuya é que nos Seminários da Luz e em outras atividades que orientava, sempre fazia questão de ter um contato direto com o público, permitindo o fácil acesso de todos ao seu encontro.

No ensejo da Solenidade de Transmissão da Presidência Doutrinária para América Latina, em 2001, o Preletor Haruhiko Yoshida, então Diretor Presidente da Sede Internacional da Seicho-No-Ie, enviou a seguinte mensagem ao Professor Shibuya: "É grande o seu mérito na ampliação e crescimento do Movimento. Assim, quero deixar expresso aqui meu apreço e imensa gratidão. Os dirigentes e adeptos do Japão aguardam ansiosamente o seu retorno para receber a sua orientação como Preletor Nacional".

No final da Solenidade, o Professor Haruo Shibuya proferiu suas palavras de despedida e disse: "Eu gosto muito do Brasil, dos brasileiros. Os senhores são muito amáveis, dóceis, alegres e positivos. (...) Eu recebi essa nova missão, ou seja, novo cargo de Preletor Nacional. Este cargo é dado somente às pessoas muito importantes. Se eu o recebi é graças ao trabalho que todos os senhores desenvolveram aqui no Brasil".

Ficará na memória daqueles que o conheceram, a imagem de determinação e coragem. Nossa gratidão, como adeptos da Seicho-No-Ie, ao trabalho desenvolvido por ele no Brasil e na América Latina, é grandiosa.

Que Deus o acolha em seus braços e que, como tantos outros preletores da Seicho-No-Ie, continue o Professor Haruo Shibuya a "trabalhar" em prol do Movimento de Iluminação da Humanidade, no mundo espiritual.

Que Deus dê paz, tranquilidade e conforto a toda família Shibuya.

Fonte das informações: Círculo de Harmonia - Março de 2001.