Topo da página da Seicho No Ie com logotipo


Missão Sagrada







RELATOS DE EXPERIÊNCIA



Sou preletora e associada da Associação Local de Aparecida-SP. Exerço nessa Associação a função de Promotora Assistente da Missão Sagrada (PAMS) já há alguns anos. Fazia parte de nossa Associação Local uma maravilhosa divulgadora. Ela era incansável no trabalho de divulgação do Movimento e retornou ao mundo espiritual em 1995. Não citarei nomes, uma vez que seus familiares não residem mais em Aparecida.


No ano de 1992, essa divulgadora fervorosa foi surpreendida por sua neta que manifestou leucemia. A cidade inteira colaborou de várias formas para a sua cura. No entanto, os dias se passavam e a recuperação da menina parecia impossível. Não havia nenhum sinal positivo de melhora.


Certo dia encontrei-me com a tia da garota e perguntei sobre o estado de saúde da sobrinha, e ela me respondeu: “Noêmia, os médicos estão perdendo a esperança. Mesmo depois de receber o transplante de medula, doação feita pelo irmão, ela não está respondendo satisfatoriamente”.


De volta para casa, fiquei refletindo sobre o sofrimento daquela família e, de repente, uma voz soou aos meus ouvidos: “inscreva a menina na Missão Sagrada”! No mesmo dia, fazendo o trajeto que levaria à Associação, pois era dia de reunião, passei ao lado da casa da nossa saudosa divulgadora. Não hesitei. Parei e bati na porta. Ela me atendeu e disse que não iria à reunião. Fui logo dizendo porque a chamei: “soube que sua neta não está bem. Ouvi uma voz, uma ordem de Deus para inscrevê-la na Missão Sagrada”. Naquele momento, ela também não hesitou; inscreveu a neta na Missão Sagrada. Fui, em seguida, assistir à reunião.


No dia seguinte encontrei novamente com sua tia e perguntei sobre a saúde da sobrinha. Quanta alegria eu senti, quando ela me respondeu: “os médicos estão espantados com uma melhora espetacular! Desde ontem, ela vem apresentando melhora. Praticamente está curada”!


Realmente, hoje ela é uma linda moça, porém, não reside mais em Aparecida.


Agradeço a Deus e ao Mestre, que me proporcionaram esta oportunidade de vivenciar a concretização da fé em minha vida. Muito obrigada.


Maria Noêmia de Souza Goussain

Relatos