Topo da página da Seicho No Ie com logotipo


Missão Sagrada







RELATOS DE EXPERIÊNCIA



Era maio de 2001. A minha família estava um bagaço: Minha esposa com depressão grave, tratando com psiquiatra, minha filha tinha passado por gravidez de risco, tanto para ela como para o bebê, meus netos sempre doentes, o genro com pouco trabalho. Eu “estava mais perdido (como se diz na gíria) do que cachorro em dia de mudança” e para complicar mais, a filha, que ainda amamentava, engravidou novamente, o que significava que voltaria a correr risco.


Porém, Deus, que nunca se esquece da gente mesmo que tenhamos esquecido Ele, colocou uma de Suas filhas em nosso caminho que nos recomendou a Seicho-No-Ie. Ao transpor aquela porta da Associação Local, com minha esposa debilitada, alguma coisa renasceu dentro de mim.


O tema da palestra era: Nada acontece por acaso e sim pela vontade de Deus. O palestrante perguntou: Tem alguém pela primeira vez? Então ainda inibidos levantamos a mão, e ele disse: Você não é o “SASSO” (meu sobrenome)? Mas eu não o conhecia, não me lembrava dele. A palestra foi toda para mim e para a minha esposa, tudo cabia certinho para nós.


No fim da palestra viemos saber que há muito tempo, há uns vinte anos, eu já era vendedor e ele era office-boy de um escritório na vizinha cidade de Lençóis Paulista, minha terra natal.


Comecei a entender que nada acontece por acaso e sim por vontade de Deus. Eu estava ali porque Deus queria e ele, o Preletor Antonio Carlos Barbosa, pela vontade de Deus, para nos receber.


Minha esposa saiu do recinto sorridente e confiante. A partir de então, tudo tomou outro rumo. No entanto, tudo melhorou mesmo, quando conhecemos a Missão Sagrada e passamos a contribuir com o mínimo, devido à nossa situação do momento. Mesmo assim as coisas foram se transformando; passei a colaborar fisicamente e, na Associação Local, tornei-me Divulgador e Presidente da Fraternidade da Regional SP-Bauru, e Dizimista Especial na Missão Sagrada.


Comecei a notar grande diferença nos acontecimentos: vida saudável, próspera e cultural de meus familiares, a nova geração se transformando em profissionais qualificados, com escolaridade de nível superior, outros ainda cursando as respectivas faculdades e muitos outros, que vieram como meus netos, sempre saudáveis e infinitamente inteligentes.


Eu acredito que fui escolhido pelos nossos antepassados para resgatar o carma a que, há muitos séculos a nossa família estava fadada: nós e todos aqueles que a nós se juntavam, pois os semelhantes se atraem, está é a lei, não é? Seríamos esmagados por esse carma de ignorância e de carência em que fomos envolvidos, pois nunca alguém de nossa família se destacou ou teve alguma coisa; o máximo era ter trabalho sempre braçal; aqueles que conseguiram ter alguma coisa, logo perderam, assim como meus pais, e voltavam a ser subordinados novamente. Pelos meus conhecimentos, todos que se agregaram à nossa família e tinham bens, perderam tudo e sem condições para recomeçar. Renascemos então, para uma nova vida próspera e feliz.


A sutra sagrada Louvor aos Apóstolos da Missão Sagrada explica que, “se um membro da família conscientizar a Sagrada Missão e se elevar ao grau de Apóstolo, a graça preencherá o Universo Infinito e será extinto todo o carma maléfico de cada um dos familiares, parentes consanguíneos e parentes afins e também será extinto todo o carma do próprio Apóstolo da Missão Sagrada que, abraçando a sagrada missão, assumiu o compromisso de dedicar sinceramente toda a sua vida à salvação da humanidade”. Muito obrigado.


Breno Cibaleno Sasso

Relatos