Página Principal
Academias
Sobre a Seicho-No-Ie
Forma Humana
Práticas e Cerimônias
Presidentes
Meio Ambiente
Museu Histórico
Organizações
Artigos
Relatos
Notícias
Mensagem do Dia
Lista de Orações
Sede Central
Domingo da SNI
Semana da Paz
Seminário da Luz
Programação 2013-2014
Seicho-No-Ie no Ar
Revistas da SNI
Círculo de Harmonia
Enkan
Brasil Português
Brasil Japonês
América Latina
Outros países
Fale Conosco
Webmaster
Regras de Internet
Direitos Autorais
 


Seminário Especial para Educadores teve participação de autoridade mundial em educação


Na tarde de 16 de outubro último a Sede Central da SEICHO-NO-IE DO BRASIL (SNI/BR), na capital paulistana, recebeu mais de 500 pessoas, a maioria da área de educação, para ouvir pessoalmente um dos mais importantes educadores da atualidade, em termos mundiais.  O professor José Pacheco, idealizador e coordenador da EBI Aves/São Tomé de Negrelos, conhecida como Escola da Ponte, que fica do Distrito do Porto, em Portugal, falou sobre o seu inovador projeto educativo, baseado na autonomia dos estudantes. O evento, que teve como tema geral “Dialogando-se aprende”, teve palestras da preletora Deise Pimenta e Souza e do Orientador Responsável, Aspirante a Preletor da sede Internacional Marcos Rogério Silvestri Vaz Pinto.

A Escola da Ponte
– Criada da década de 1970, na instituição não há programas, não há turmas de alunos separadas por classes, os professores não dão aulas com giz e lousa e não existe campainha indicando o final de uma aula e início de outra. Também não existem provas de avaliação e notas. O aprendizado se dá em uma grande sala, cheia de mesinhas, onde crianças de várias idades pesquisam assuntos de interesse comum em pequenos grupos. No espaço há computadores, estantes de livros e os professores, misturados às crianças, atuam como assessores, estimulando a curiosidade dos alunos e passando informações bibliográficas e de internet. O método notabilizou-se internacionalmente por ter como resultado, além da absorção do conteúdo, o estabelecimento de relações de comunicação, confiança e responsabilidade entre os alunos. Tanta repercussão rendeu, em 2004, ao seu idealizador, professor Pacheco, a honrosa condecoração “Ordem da Instrução Pública”, dada pelo próprio Presidente da República de Portugal, à época, Jorge Sampaio.

Identificação com a Educação da Vida
– Depois de ter conhecido o professor José Pacheco em um congresso, o prel. Marcos Rogério convidou-o a visitar o Centro de Educação Integrada de Maracajaú (Ceimar), instituição mantida pela Fundação Grande Harmonia, no Rio Grande do Norte. Estabelecida uma amizade entre ambos, o convite para participar do seminário especial foi feito e aceito pelo ilustre português. Pacheco, que é Mestre em Ciências da Educação pela Universidade do Porto, afirmou ter se identificado com a Educação da Vida: “Ao tomar contato com a Seicho-No-Ie, vi que na Ponte não havíamos inventado nada. Tudo o que aplicamos também está na filosofia da Seicho-No-Ie, que afirma que o ato de educar não é puramente cognitivo, mas também emocional e espiritual”, disse Pacheco. Para o prel. Marcos Rogério, a prova da identificação da Escola da Ponte com a Educação da Vida foi “o fato de o professor Pacheco ter sido aplaudido de pé pelo nosso público, ao final de sua explanação”.

Brasil, berço dos melhores professores
– O convidado especial falou durante 60 minutos, respondendo a questões formuladas pelos próprios participantes. Além de explicar em detalhes como funciona a Escola da Ponte, Pacheco não poupou elogios aos brasileiros. “Conheço pensadores da educação e professores do mundo todo e posso afirmar, o Brasil possui os melhores teóricos e educadores do mundo, pois mesmo sendo mal remunerados e poucos reconhecidos, continuam atuando com idealismo e amor. Na educação, o Brasil não precisa imitar o mundo, deve apenas confiar mais em si mesmo”, declarou Pacheco.

Método
– Considerado um sucesso pela Superintendência das Atividades dos Educadores da SNI/BR, o seminário teve ainda apresentação teatral, relato de experiência, citação da missão e da visão por trás das ações dos educadores da Seicho-No-Ie e uma palestra conclusiva, proferida pelo prel. Marcos Rogério, na qual falou sobre a metodologia da Educação da Vida.

Mais informações sobre como participar das reuniões e atividades em que se aprende mais sobre a pedagogia da Seicho-No-Ie, em sua região, acesse http://www.sni.org.br/educadores, ou pelo fone (11) 5014.2237.

Acompanhe o vídeo:

________________________________________________________________________________


Confira abaixo, nossa Galeria de Fotos deste evento:

Fotos: Paulo Oliveira