Topo da página da Seicho No Ie com logotipo

Cerimônia do 3º Ano de Falecimento do Sagrado Prof. Seicho Taniguchi - 27/10/2011





Solene e comovente, a Cerimônia do 3º Ano de Falecimento do Sagrado Prof. Seicho Taniguchi aconteceu na tarde do dia 27 de outubro de 2011, no Salão Nobre da Sede Central da SEICHO-NO-IE DO BRASIL (SNI/BR), em São Paulo-SP. O evento foi conduzido pelo Presidente Doutrinário para América Latina, Professor Yoshio Mukai e contou a presença da Diretora-Presidente da SNI/BR, Professora Marie Murakami, que fez seu pronunciamento ao final da cerimônia. Participaram cerca de 150 pessoas, entre diretores, superintendentes, colaboradores e adeptos do Movimento em idioma português e em idioma japonês.


O altar – O altar, montado com refinada simplicidade, tal qual a própria personalidade do homenageado, foi cuidadosamente preparado diante do Quadro do Jisso (quadro que representa a Imagem Verdadeira de Filho de Deus, disposto nos palcos de todos os recintos onde existem reuniões da Seicho-No-Ie). Diante das oferendas e cercado por dois totens que sustentavam dois enormes e lindos buquês de crisântemos brancos, fulgurava o quadro da foto sorridente do saudoso Professor Seicho Taniguchi, diante da qual foram lidas as Palavras da Cerimônia e a Sutra Sagrada Chuva de Néctar da Verdade, simultaneamente em idioma português e japonês.


Palavras da Cerimônia – Primeiramente lidas em japonês pelo profº Yoshio Mukai, e depois em português pelo Preletor da Sede Internacional Junji Miyaura, nas Palavras da Cerimônia constavam os principais episódios da biografia do professor que foi Supremo Presidente da Seicho-No-Ie entre 22 de outubro de 1985 e 28 de outubro de 2008, quando partiu para o plano espiritual, com 89 anos de idade. Após conhecer o Ensinamento em 1942, tornou-se fervoroso discípulo do fundador do Movimento. Quatro anos mais tarde tornou-se genro do sagrado Mestre Masaharu Taniguchi, casando-se com a Professora Emiko Taniguchi. Em 1948, o sagrado mestre convidou o prof. Seicho Taniguchi para orientar eventos da organização, passando a realizar pregações pelo Japão e em vários países do mundo. O prof. Seicho Taniguchi deixou um legado de 227 livros, inúmeros artigos para as diversas publicações da organização e letras de hinos sagrados, traduzidos e entoados em vários idiomas. Após o falecimento do sagrado mestre, em 17 de junho de 1985, ele assumiu o máximo posto da Seicho-No-Ie.


Palavras da Diretora-Presidente – Durante os 23 anos em que esteve à frente do Movimento de Iluminação da Humanidade, também conhecido como Movimento Internacional de Paz pela Fé, o prof. Seicho Taniguchi soube conduzir não apenas a expansão da organização, mas também promover as adequações de linguagem, tanto na literatura quanto nos cerimoniais da Seicho-No-Ie, diante da velocidade das mudanças de um mundo que se globalizou na velocidade da Internet. Ao fazer uso da palavra, a profª Marie Murakami ressaltou a simplicidade, pureza e amor da obra deixada pelo professor. "No livro Kokoro No Tabaji (ainda não traduzido para o português), a Professora Emiko Taniguchi, esposa do prof. Seicho Taniguchi, cita episódios do cotidiano que dão conta do quão simples e prático era o professor e que, acima de tudo, era um praticante fervoroso do Ensinamento", disse a profª. Marie Murakami, que encerrou sua participação conclamando a todos que, em torno do exemplo e da obra deixadas pelo Sagrado Mestre Masaharu Taniguchi e pelo Sagrado Professor Seicho Taniguchi, todos os líderes e adeptos se empenhem cada vez mais em torno das diretrizes recebidas do atual Supremo Presidente da Seicho-No-Ie, Professor Masanobu Taniguchi.


Por Fábio Dummer Camargo

Fotos: Vera Lucia Akimi Matsubara e Viviane Hara



Veja as fotos da cerimônia marcada pela emoção