Instagram oficial da Seicho No Ie do Brasil
Google Plus + oficial da Seicho No Ie do Brasil
twitter oficial da Seicho No Ie do Brasil
Youtube oficial da Seicho No Ie do Brasil
Facebook oficial da Seicho No Ie do Brasil

04/10/2007
Por que muitas pessoas, embora busquem a felicidade, tornam-se infelizes?


Por que muitas pessoas, embora busquem a felicidade, tornam-se infelizes? É que elas não conhecem o princípio fundamental da felicidade. A maioria das pessoas visa à conquista de bens materiais, riqueza, propriedades, enfi m, coisas que possuem forma, e as persegue no afã de agarrá-las. Mas, “tudo o que tem forma é ‘sombra’ daquilo que não tem forma”. De nada adianta agarrar apenas a “sombra”, pois ela é vã e se apaga instantaneamente. Para alcançar a verdadeira felicidade, precisamos apreender o ente verdadeiro (a Imagem Verdadeira) que está por trás da sombra projetada.

É pela mesma razão acima citada que a humanidade de flagra guerras apesar de buscar a paz e não consegue concretizar um mundo tranqüilo e feliz apesar de sonhar com isso. É também pela mesma razão que muita gente, apesar de buscar a saúde, não a consegue. Todo aspecto visível é uma “projeção” do “filme invisível” que existe por trás. Portanto, precisamos saber como apreender o mundo invisível e projetá-lo livremente em nossa vida.

Conhecer o princípio fundamental da felicidade significa conhecer a lei de causa e efeito, ou, numa expressão mais simples, a lei da causalidade. Desde antigamente existem ditados como: “Só colhe quem planta”, “Em rama de abóbora não nasce berinjela” etc. No budismo, existe a expressão sangai yuishin, que signifi ca: “Todos os
fenômenos deste mundo são manifestações da mente”.E o cristianismo ensina que “tudo é possível ao que crê”. Em resumo, você precisa saber que o seu estado mental se projeta no mundo das formas.

O modo como a sua mente apreende as coisas se reflete no mundo à sua volta. Se você vê as coisas com a mente hostil, só ocorrerão conflitos ao seu redor, e será impossível surgir fatos felizes.

A UNESCO prega que “as guerras surgem primeiro na mente das pessoas e em seguida ocorrem no mundo real”. Nós, da Seicho-No-Ie, vimos pregando isso há mais de trinta anos, mas a humanidade insiste em se apegar a coisas e formas e não procura captar o mundo mental que existe por trás das imagens projetadas. Por isso, embora a humanidade busque a paz, manifestase a situação oposta.

Devemos mudar o nosso ponto de vista, a nossa postura mental. No capítulo 1 deste livro, escrevi: “Antes de mais nada, alie-se a Deus”. Quem não acredita em Deus talvez pense que é uma frase tola. Devo esclarecer que o nosso conceito de Deus não é considerá-lo um ente que se encontra num lugar longínquo, no “reino dos céus”, ou “além das nuvens, na remota região oeste”, como pregam algumas seitas budistas. Falamos da Força misteriosa que faz funcionar o nosso coração, os nossos pulmões,
enfi m, todo o nosso organismo. Falamos da misteriosa Sabedoria Universal que projetou e criou de forma igual os órgãos do corpo de todas as pessoas. Eu digo que você deve se aliar a essa Força. Se você for capaz de controlar livremente, com sua própria força, os seus batimentos cardíacos, as suas pulsações e todas as outras funções do seu organismo, talvez não precise reconhecer a existência de uma Força Superior. Mas se você compreender que existe uma Força misteriosa fora do seu controle e que ela age também dentro de você, certamente perceberá que aliar-se a essa Força é agir com sabedoria. Poderá você contar, ou não, com o apoio dessa Força misteriosa, imensa, para que ela atue de modo favorável em todas as circunstâncias de sua vida? Dependerá disso a possibilidade ou não de você ser feliz e saudável e concretizar um mundo harmonioso.

 


Revista Fonte de Luz - Outubro / 2007