Instagram oficial da Seicho No Ie do Brasil
Google Plus + oficial da Seicho No Ie do Brasil
twitter oficial da Seicho No Ie do Brasil
Youtube oficial da Seicho No Ie do Brasil
Facebook oficial da Seicho No Ie do Brasil

16/07/2007
Todos podem ser felizes


Todos nós buscamos a felicidade. Mas algumas pessoas se queixam de que é difícil encontrá-la. Entretanto, se pensarem bem, perceberão que são inúmeras as dádivas. Em comparação com o passado, a condição de vida melhorou muito: a comida é farta e as moradias são muito melhores que antigamente.
Os meios de transporte melhoraram bastante, a quantidade de carros aumentou muito, e os veículos são todos modernos, não existindo mais aqueles “calhambeques” soltando fumaça. Mesmo assim, muitas pessoas vivem insatisfeitas, reclamando do custo de vida, da condição de moradia etc. Isso ocorre porque o termo de comparação se tornou mais elevado. É verdade que o custo de vida está alto, mas a situação é melhor que no tempo em que as mercadorias eram escassas e não as podíamos obter. Se vivermos reclamando que tudo está caro, esse pensamento se fixa na mente e vamos nos sentir cada vez mais aborrecidos e infelizes.
Além disso, reclamações e queixas não melhoram a situação. Pelo contrário, devido à força negativa que elas contêm, só contribuem para criar escassez de mercadorias e alta do custo de vida.
As palavras têm uma força misteriosa, e o que é expresso constantemente acaba se concretizando. Assim, quem vive dizendo que é infeliz torna-se cada vez mais infeliz, e quem vive se queixando da doença custa a sarar; pelo contrário, tende a piorar.
Então, não é muito melhor falar de coisas boas, maravilhosas, proferir palavras de gratidão e viver todos os dias com alegria e entusiasmo? Mesmo estando doente, é possível acontecer algo bom, pelo menos uma vez ao dia: a visita de um amigo, o desabrochar de uma flor no vaso, o agradável sabor do chá que foi servido etc.
O que quer que tenha acontecido de bom ou agradável, expresse-o verbalmente e manifeste gratidão. É bom relatar o fato a outras pessoas e compartilhar a alegria, pois, é certo que isso iluminará a mente. Vivendo com a mente radiosa, você atrairá a simpatia de todos e, mesmo na eventualidade de estar doente, logo obterá a cura. E o seu destino melhorará cada vez mais.
Em tudo, é importante a postura mental correta. Quem está com a mente distorcida tem uma visão deturpada das coisas e se irrita com tudo, ao passo que na vida de quem tem a mente positiva e se sente grato a todos ocorrem coisas boas uma após outra, e essa pessoa será realmente uma felizarda aos olhos de todos.
No mundo, existem pessoas que obtêm êxito em tudo e pessoas que fracassam em tudo. As primeiras têm a mente positiva, luminosa. Por verem sempre o lado radioso da vida, elas vivem com alegria e entusiasmo; e isso faz com que os outros simpatizem com elas e se disponham a colaborar. Já as pessoas propensas ao fracasso são as que têm a mente sombria e vivem reclamando. Por causa disso, não aparecem colaboradores, o seu ambiente familiar é frio e são constantes os desentendimentos.

Na verdade, todos podemos ser felizes agora mesmo, pois a felicidade não vem de fora, e sim de dentro, criada por nós próprios, ou seja, pela nossa mente.

 


Da revista Hikari no Izumi (Fonte de Luz), ano XXXIV, 08/73, pp. 2-3