Instagram oficial da Seicho No Ie do Brasil
Google Plus + oficial da Seicho No Ie do Brasil
twitter oficial da Seicho No Ie do Brasil
Youtube oficial da Seicho No Ie do Brasil
Facebook oficial da Seicho No Ie do Brasil

23/03/2007
31 Tópicos para se alcançar um Ideal


Quando alguém for incorreto com você Mesmo que alguém aja de modo incorreto com você, não fique exacerbado nem guarde rancor. Várias razões podem ter levado essa pessoa a agir de modo inadequado. Talvez ela estivesse premida pela pobreza, talvez não tivesse recebido uma boa educação para aprimorar a personalidade e desenvolver a capacidade, talvez estivesse com a mente cheia de angústia e aflição e não estivesse em condição de se preocupar com os outros, talvez tivesse algum outro motivo inconfessável... Quando alguém agir mal com você, reflita que está recebendo de Deus a oportunidade de cultivar a virtude de orar pelos outros e contribuir para que essa pessoa alcance a felicidade libertando-se das aflições. Ore para que essa pessoa se torne feliz e próspera e passe a ter a condição psicológica de ser atenciosa com os outros. Lembre-se de que mesmo as pessoas que lhe causam problema surgiram em sua vida para que você, lidando corretamente com elas, manifeste a glória de Deus. A posição do ser humano no Universo Pode-se dizer: “Deus não tem boca, usa a boca das pessoas para falar; Deus não tem mãos, usa as mãos das pessoas para realizar obras”. Deus age diretamente para realizar os grandiosos trabalhos da Natureza e para controlar os delicados e minuciosos fenômenos bioquímicos concernentes às funções fisiológicas dos animais e dos vegetais, mas, quando se trata de algo que deve ser criado neste mundo por meio de idéias, imaginação, projetos e planejamento, Ele o realiza por meio do ser humano. Mais exato seria dizer que Deus, manifestando-Se como ser humano, realiza tais obras. Portanto, podemos dizer que o ser humano é a suprema auto-expressão de Deus neste mundo. Você precisa saber a relação entre Deus e o ser humano Para que o ser humano tenha uma vida feliz, é essencial ter o correto conhecimento acerca de sua relação com Deus e viver em harmonia com Ele. Em primeiro lugar, devemos saber que o ser humano é a suprema auto-expressão de Deus neste mundo e que tudo nesta vida passa a ser aquilo que o ser humano nomear com palavras (formadas a partir de idéias). No capítulo 2 do Gênesis está escrito: “E tudo o que Adão chamou a toda a alma vivente, isso foi o seu nome”. Quando Moisés, tendo saído do Egito, conduzia seu povo de volta a Israel, apareceu-lhe Deus em meio à sarça ardente. Na Bíblia, consta que Moisés perguntou: “Qual é o Seu nome?”, e Deus disse: “Eu sou o que sou”. Podemos dizer que no âmago de todas as pessoas existe aquele que diz “Eu sou”, ou seja, o Deus interior. E esse Deus interior é capaz de criar tudo. Assim, se a pessoa afirmar com fé: “Sou saudável”, será realmente saudável, e se afirmar: “Sou preguiçoso”, será preguiçoso. As pessoas passam a ser exatamente como elas próprias pensam e dizem que são. Tratar das coisas fenomênicas e reverenciar a Imagem Verdadeira Para fazer pesquisas científicas ou para tratar das coisas fenomênicas, você precisa recorrer aos olhos físicos e aos aparelhos como o binóculo, o telescópio etc. Mas, para contemplar a verdadeira natureza do ser humano, você precisa recorrer aos “olhos de Deus”. Por mais vil que alguém pareça, não se prenda a esse aspecto (Não estou sugerindo que permita ser ludibriado por ele — para lidar com o aspecto fenomênico, deve-se valer de meios fenomênicos). Pense que, na essência, essa pessoa não é má e, contemplando o seu aspecto original perfeito, ore a Deus para que ela manifeste a Imagem Verdadeira. Um exemplo de como orar: “Deus, perdoe-lhe, pois ele tem solidão na alma e não sabe como agir. Eu Lhe peço que o envolva com Seu infinito amor e cure a ferida dele”. Tendo assim orado, mentalize que essa pessoa está sendo envolvida pelo Amor de Deus e já manifesta a bondade inerente à sua natureza verdadeira de filho de Deus. Visualize essa imagem e a contemple com os olhos da mente. Com a visão de Deus, ame e respeite seus filhos Trate com amor os seus filhos. Quando se fala em amor, algumas pessoas logo o associam à vontade de tocar e acariciar, mas tal desejo não é o amor verdadeiro. Hoje em dia, as pessoas confundem o simples gostar com o amor e usam a expressão “amar” quando falam de alguém que lhes proporciona uma sensação agradável aos sentidos, como o tato e a visão. Mas quando falo em amar os filhos, refiro-me ao amor sublime que tem relação com a frase “Deus é Amor”. Você deve contemplar a essência divina de seus filhos. Caso você tenha vários filhos, conscientize-se de que cada qual tem distintos traços de personalidade e diferentes dons. Deus é um Ser de conteúdo infinito, e por isso não repete a mesma auto-expressão fazendo surgir duas pessoas exatamente iguais. Saiba que cada um de seus filhos é uma auto-expressão de Deus e, portanto, é um ser único, de valor absoluto. Mesmo que, aparentemente, o filho A seja melhor que o filho B, essa é uma diferença considerada do ponto de vista do valor prático. Aos olhos de Deus, cada um de seus filhos é um ser único e insubstituível. Em outras palavras, é filho de Deus sumamente valioso. Ame e respeite cada um dos seus filhos com a mesma visão imparcial de Deus.

 


Do livro Onna wa Ai no Taiyo da (ainda não editado em português; tít. prov.: A Mulher é o Sol do Amor), pp. 225-229