Categoria:

Presidente Doutrinário da Seicho No Ie para América Latina, países ibero americanos e angola
Presidente Doutrinário da Seicho-No-Ie para a América Latina
Fumio Nishiyama

 

Vamos descobrir a Imagem Verdadeira através da Natureza!

Reverências, muito obrigado.


No livro A Verdade da Vida, v. 27 – A Eterna Natureza Búdica (I) –, cap. VIII, Votos de Aprimoramento Espiritual dos Adeptos da Seicho-No-Ie, temos o seguinte texto do professor Masaharu Taniguchi:


"Reverenciemos todas as coisas do Universo.

Ao contemplarmos o céu, as estrelas, o mar, a terra, o fogo, a água, os campos verdejantes, as flores, enfim, todos os elementos da Natureza e os seres viventes, apreendamos em seu âmago a perfeição da Vida de Deus. Amemos, respeitemos e reverenciemos essa Vida, e jamais desperdicemos." (págs.187-188)

Em seguida, o professor nos pergunta dizendo:

"Quando tomamos a consciência de que somos filhos de Deus, essa consciência de Deus entra em atividade; nesse caso, como será o mundo em que agirão os filhos de Deus?"

O professor nos explica, respondendo à sua própria pergunta, que esse mundo onde agirão os filhos de Deus é o Universo de criação infinita.

"Como seria então, nesse caso, esse Universo de criação infinita?"

Ainda conforme o professor Masaharu Taniguchi, é o mundo de infinitas dimensões, ou seja, Seicho-No-Ie, sendo o mundo de beleza infinita. Isto é, é o Mundo da Imagem Verdadeira, o mundo maravilhoso que infelizmente nossos sentidos não conseguem captar totalmente, pois os sentidos só conseguem captar parte desse mundo maravilhoso da Imagem Verdadeira. É o que explica a Sutra Sagrada Chuva de Néctar da Verdade: os sentidos não captam senão projeções da mente.

Talvez alguém possa contestar pensando: "O mundo verdadeiro é aquele que eu vejo com os meus olhos. Não é possível que exista um outro mundo..." Para entendermos melhor essa questão, darei um exemplo. Na minha sala de trabalho da Sede Central da SEICHO-NO-IE DO BRASIL, existem fotografias com os rostos sorridentes do professor Masaharu Taniguchi, do professor Seicho Taniguchi, da professora Teruko Taniguchi e do Supremo Presidente da Seicho-No-Ie, professor Masanobu Taniguchi. Quando chego na Sede Central reverencio essas fotografias, dizendo mentalmente: "Senhores professores, bom dia! Muito obrigado!" Mas, será que estou reverenciando realmente as fotografias?

Estas fotografias são muito bonitas e me faz lembrar muito dos professores. Mas, mesmo assim, as fotografias não são os professores propriamente ditos. Na verdade, estou reverenciando, por meio dessas fotografias, os professores verdadeiros, que não estão ali fisicamente, mas em algum outro lugar. No caso do professor Masanobu Taniguchi, no Japão; enquanto os demais professores estão num outro mundo, ou seja, no elevado mundo divino espiritual. O professor Masaharu Taniguchi também nos explica sobre a fotografia dizendo:

"É como uma imagem fotográfica. A imagem fotográfica é plana e um tanto pobre em nuances, ao passo que a imagem real é tridimensional, muito mais complexa, e rica em nuances."

Assim sendo, nós não devemos pensar que o que vemos é tudo verdadeiro, nem tampouco que não existe nada além do que estamos sentindo através dos nossos órgãos sensoriais. Devemos entender que por trás daquilo que sentimos, existe alguma coisa muito maior, muito mais belo.

O professor Masaharu continua nos explicando da seguinte maneira:

"Porém, ao vermos o céu, as estrelas, o mar, a terra, o fogo, a água, o campo, as flores, enfim, todos os elementos da Natureza, todos os seres viventes e todas as coisas fenomênicas, não devemos nos limitar a vê-los simplesmente como elementos do mundo tridimensional banal, prosaico e um tanto insípido. Devemos contemplar a Imagem Verdadeira que está no âmago deles e apreender a Vida de Deus, infinitamente bela, harmoniosa e perfeita. Amar, respeitar e reverenciar a Vida de Deus que existe no âmago de todos os seres e todas as coisas, e jamais desperdiçá-la – este é o modo de viver da Seicho-No-Ie."

Quando buscamos contemplar, desta maneira, a Imagem Verdadeira que existe dentro ou por trás dos elementos da natureza, todos os seres animados e inanimados, além de todas as ocorrências fenomênicas, começamos a visualizar realmente o mundo verdadeiro, onde nós, filhos de Deus, poderemos agir livremente, mas sem desperdícios dos recursos da natureza, como foi aqui ensinado pelo professor Masaharu Taniguchi.

Uma das formas de se conseguir essa forma de ver as coisas é experienciar o contato com a natureza, buscando conhecer o significado de cada um dos seres inanimados ou animados, seja uma planta, um inseto ou mesmo uma brisa de vento que afaga o nosso rosto. Isso nos traz muito mais sensibilidade, facilitando a visualização da Imagem Verdadeira. Procure seguir esse ensinamento do professor Masaharu Taniguchi e com certeza poderá visualizar melhor o Mundo da Imagem Verdadeira e apreender a Vida de Deus que flui através de cada pedaço do mundo da natureza. Quando realizamos a Meditação Shinsokan, tendo esta sensibilidade, certamente poderemos apreender melhor o Mundo da Imagem Verdadeira.

A partir desse ano a Sede Central da SEICHO-NO-IE DO BRASIL está colocando dentro do seu programa de Seminário de Treinamento Espiritual um horário em que os seminaristas irão ter a oportunidade de contatar a natureza. Acreditamos que será uma ótima oportunidade para descobrir a existência da Imagem Verdadeira. Por favor, experimentem participar de um Seminário de Treinamento Espiritual e descubram o Mundo da Imagem Verdadeira!


Novas reverências.